INÍCIO | MAPA DO LOCAL | INTRANET | CONTATO |

Top 5 da semana
Ocasiões visitadas: 39
Novena ao Amor Misericordioso
Ocasiões visitadas: 28
Filhos do Amor Misericordioso
Ocasiões visitadas: 19
São Benedito Cottolengo
Ocasiões visitadas: 16
Quem somos?
Ocasiões visitadas: 15
Via sacra

Início » VENERÁVEL MADRE ESPERANÇA » Sua Vida » Um peregrino ferido


Um peregrino ferido

O dia 22 de novembro de 1981, o Papa João Paulo II faz sua primeira saída do Vaticano depois do sangrento atentado do dia 13 de maio na praça de São Pedro. Ainda convalescente vai como peregrino para dar graças ao Amor Misericordioso. Disse o Papa: “viemos em visita a este Santuário porque à misericórdia de Deus somos devedores de nossa saúde”.

Conhecia a Madre já sendo Bispo de Cracóvia e tinha ido duas vezes vê-la e falar com ela. Desta vez encontrou-a numa cadeira de rodas, aproximou-se dela e inclinando-se depositou um beijo na sua fronte.

No mesmo ano o Papa tinha promulgado a encíclica “Dives in Misericórdia”, que recolhia, analisava, estudava e proclamava ao mundo que Deus é rico em misericórdia, um Pai bondoso e misericordioso. Tudo isso a Madre tinha vivido e anunciado durante toda sua vida. O Papa disse em Collevanlenza: “Este ano publiquei a encíclica Dives in Misericordia. Esta circunstância me fez vir hoje ao Santuário do Amor Misericordiso com esta presença quero reafirmar, de certa maneira, a mensagem dessa encíclica. Deste o começo do meu ministério na sede de São Pedro em Roma tenho considerado esta mensagem como minha tarefa particular”.



Artigos relacionados da seção: Sua Vida:


Testamento espiritual da Madre
Testamento espiritual da Madre
 
Início | Mapa do local | Contato | Cadastro | Cadastro Vocacional Copyright ©2008- Família do Amor Misericordioso
eXTReMe Tracker